O programa "Operação Pipa" do exército retornou para auxiliar na luta contra a crise hídrica em nosso município.



Em meio à dificuldade da seca, uma notícia boa! Depois de alguns meses suspenso pelo Governo Federal, o programa "Operação Pipa" do exército retornou para auxiliar na luta contra a crise hídrica em nosso município.

Com a seca prolongada e a interrupção do apoio do exército, durante alguns meses, a prefeitura precisou arcar sozinha com os altos custos da distribuição de água na zona rural, com o aluguel de oito veículos.

Segundo Antônio Rodrigues, coordenador da Defesa Civil de Caraíbas, cerca de 180 a 200 pedidos de água são feitos por semana no município, uma média de 800 por mês. Os pedidos são divididos entre os 14 pipas atuantes, mantidos pela prefeitura. Agora, com o apoio do exército, serão 18 carros no abastecimento de água."

O momento é difícil. É preciso economia e sabedoria com o uso da água. A prefeitura tem se esforçado para atender a todos no mínimo de tempo possível, mas a demanda é desafiadora.

Seguimos firmes, levando água a quem precisa, pois quem tem sede, tem pressa.

Envie um comentário